segunda-feira, 23 de abril de 2018

Juíza barrou nesta segunda feira todos os pedidos de visita ao ex-presidente Lula...

Resultado de imagem para visitas de lula barradas no pr
foto-net

Desde do 7 de abril
Que Lula ta na prisão
Gleisi, Ciro, Dilma e outros
Pra visitar, fez questão!
Todos foram no embalo
Doidinhos pra visita-lo
E a juíza disse "não"

Após visita barrada
Voltaram na mesma trilha
Cabisbaixa e pensativa
Gleisi disse: minha filha!
Não posso dá nem palpite
E a juíza só permite
Pra visitar, a família!

Todos querem visita-lo
Pra ver como é a prisão
Outros pedem vistoria
Pra ver a situação
Como está o Lula lá
O PT quer visitar
E a juíza disse "não"!

(Lalauzinho de Lalau)

sexta-feira, 20 de abril de 2018

E a chuva continua...

Resultado de imagem para chuva continua
foto-net

Trazendo muita alegria
Para quem mora na rua
Para quem mora no mato
Beleza igualmente a sua
É ver a água descendo
O sertão agradecendo
E a chuva continua

Trazendo açude sangrando
A onde a seca recua
Trazendo a mesa mais farta
Comida cozida e crua
Nasce o capim no cercado
Meu sertão fica molhado
Quando a chuva continua

Qualquer nuvem carregada
Esconde o sol e a lua
Não da pra ver as estrelas
Nem o céu com as costas nua
Só se ver o aguaceiro
No meu sertão brasileiro
 Quando a chuva continua

(Lalauzinho de Lalau)

quinta-feira, 19 de abril de 2018

O abatedouro de Baraúna é derrubado pelo os moradores da cidade...

foto-passando na hora

Na cidade de Baraúna
Teve uma revolução
Por conta da fedentina
A própria população
Deu no pé, rasgou o couro
Derrubou o abatedouro
Botando o mesmo no chão

A cidade indiguinada
Com promessas sem ação
A sujeira na canela
Aí a população
Com pedra, ferro e madeira
Deixa o prédio na poeira
Botando o mesmo no chão

Foram os próprios moradores
Cansados e com razão
De esperar resultados
Ou mesmo qualquer ação
Dos poderes do lugar
Aí resolveram derrubar
E botar o prédio no chão

Ficaram só as paredes
Caibros, ripas e um portão
Muita gente observava
A grande indignação
Com muita telha quebrada
A cidade indignada
Quase tudo foi ao chão

(Lalauzinho de Lalau)

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Tema: Aécio vira réu...

Resultado de imagem para aecio vira reu
foto-net

O tucano será julgado
Como está lá no papel
No Supremo Tribunal
Quem vai tirar o chapéu?
Acusado em corrupção
Passiva e obstrução
E o Aécio, vira réu!

O áudio da JBS
Chega pra rasgar o véu
A cabeça dele pira
Vai do chão ate o céu
Deixe eu falar pra vocês
É pela a primeira vez
Que o Aécio vira réu!

Os ministros votaram
Cada um com o seu anel
A devesa dele luta 
Faz o maior escarcéu
Mesmo assim o senador
Vai ter que um dia depor
E o senador vira réu

(Lalauzinho de Lalau)

terça-feira, 17 de abril de 2018

O mundo em versos...

O mundo em versos balança
Na rede com sintonia
Toda hora eu faço um verso
Toda hora, todo dia
Ta no sangue em minha mente
Na força do meu repente
Tem muito mais poesia

E enquanto o planeta gira
Meu repente é fabricado
Falando de gente ruim
Do ladrão e do soldado
Falando de quem morreu
De quem ganhou, quem perdeu!
Do mundo desmantelado

Eu já falei da justiça
E de Joaquim Barbosa
Falei na prosa do verso
Falei do verso na prosa
Falei de amor e xodó
Da terra de Mossoró
Do meu jardim cheio de rosa

Falei de moça bulida 
De alguém que buliu com ela
Falei de festa de gado
De cavalo bom de sela
Falei de "bebo" em balcão
Tira gosto com limão
E de galinha cabidela

Vou continuar falando
Nesse momento fecundo
O mundo em versos não para
Balança a cada segundo
Quem gostar do meu repente
Leia sempre, atentamente!
As coisas que tem no mundo

(Lalauzinho de Lalau) 


segunda-feira, 16 de abril de 2018

O mote: A Síria chora e lamenta os mortos que a guerra mata...

Resultado de imagem para siria
foto-net

Tanta criança inocente
Ver de perto a morte ingrata
Tanto choro, tanto ódio
Num tiro pela culatra
Com essa guerra nojenta
A Síria chora e lamenta
Os mortos que a guerra mata

No meio do bombardeio
Tem tanto nó de gravata
Tanta bala cor de chumbo
Tanta bala cor de prata
Queimando como pimenta
A Síria chora e lamenta
Os mortos que a guerra mata

Isso é um absurdo!
Sangue cai como cascata
Quem é o autor da guerra?
Quem é esse diplomata?
Quem é esse que afugenta?
A Síria chora e lamenta
Os mortos que guerra mata

Meu Deus do céu, nos ajude!
Salve o loiro e a mulata
O preto, o branco e o pobre
Aquela criança nata
A mulher que amamenta
A Síria chora e lamenta
Os mortos que a guerra mata

(Lalauzinho de Lalau)

sexta-feira, 13 de abril de 2018

O mote: Diz a meteorologia, vai chover em todo canto...

Resultado de imagem para chuva em todo o rio grande norte
foto-net

O sertanejo agradece
E ameniza o seu pranto
A chuva que vem caindo
Deus rasca o véu com o seu manto
E do céu, cai água fria
Diz a meteorologia
Vai chover em todo canto

O mês de abril é chuvoso
E o nosso Deus que é santo
Manda a chuva e a chuva vem
E o sertão diz: hoje eu janto!
Porque a terra dá cria
Diz a meteorologia
Vai chover em todo canto

A previsão é de chuva
É o que diz por enquanto
 Agricultura agradece
Meu sertão vira um encanto
Terra fértil, água fria
Diz a meteorologia
Vai chover em todo canto

E maio vai ser chuvoso
Vai chover aquele tanto
Açude sangrando e cheio
Não pode fazer espanto
Tem fartura todo dia
Diz a meteorologia
Vai chover em todo canto

(Lalauzinho de Lalau)